Cruzeiro Volta da Ilha Grande

Sugestão de roteiro com volta completa e parada nos principais pontos turísticos da Ilha Grande:

Dia 1: saída de Paraty com pernoite em Melros. Neste primeiro dia em menos de 4 horas navegamos cerca de 21 milhas com vento no través. Assim que saímos da proteção do continente pegamos a ondulação do mar aberto com ondas entre 0,5 e 1,5 metros. A praia de Melros é deslumbrante, encravada na ilha é um local tranquilo e protegido, a menos das entradas de frente fria, quando então o local não é recomendado. Pernoitar em Melros é algo mágico. Normalmente não há nenhuma luz ao redor, é intenso o barulho das ondas batendo do lado de fora da enseada e do vento assobiando por cima dos morros ao redor. Colocando uma luz próxima da água atraímos lulas e diversas variedades de peixes. É um excelente local de pescaria.

Dia 2: saída de Melros, visitar praia do Aventureiro e pernoitar em Parnaióca. No segundo dia vamos navegar cerca de 9 milhas. A primeira parada é na praia do Aventureiro, uma praia lindíssima, que precisa ser visitada. Em seguida navegamos para Parnaióca, onde ancoramos no lado direito da praia. O passeio recomendado é caminhar toda a extensão da praia, até o rio com cachoeira que fica na ponta esquerda.

Dia 3: Velejar até Jorge Grego e Dois Rios. No terceiro dia  tanto podemos permanecer em Parnaióca  como sair para navegar. Tendo vento um bom programa é velejar até a Ilha de Jorge Grego, dar uma pequena parada em uma pequena enseada abrigada e depois rumar para Dois Rios onde fica as ruínas do Presídio da Ilha Grande. Dependendo das condições do mar é possível pernoitar em Dois Rios.

Dia 4: Lopes Mendes. Esta praia é considerada uma das mais bonitas do mundo, merece dedicar 1 dia somente para ela. A opção mais tranquila é navegar até a Enseada de Palmas, ancorar e fazer uma pequena trilha que leva até Lopes Mendes. Pernoite em Palmas.

Dia 5: Vila do Abraão e pernoite no Saco do Céu. De Palmas até Abraão, a "capital" da Ilha Grande são cerca de 6 milhas. A sugestão é ancorar em frente a vila, caminhar pelos seus arredores. Dois locais para se conhecer são as ruínas do Aqueduto e do Lazareto. Almoçar em um dos muitos restaurantes "pé na areia" da vila. No final da tarde navegar até o Saco do Céu para pernoite. No Saco do Céu há uma ótima opção de restaurante que serve jantar, o Coqueiro Verde.

Dia 6: Lagoa Azul e Bananal. O programa do sexto dia é conhecer a Lagoa Azul, um lugar com águas cristalinas em tom azulado, lugar especial para mergulho. Uma sugestão é fazer isto na parte da manhã e depois navegar para o Bananal para almoçar no restaurante da fazenda de beijupirá e coquiles. No final da tarde navegar para o Sitio Forte, excelente lugar para pernoite.

Dia 7: Sitio Forte. Um dos locais preferidos dos velejadores, duas lindas praias, trilha e como destaque o Flutuante do Bacana e o Restaurante da Telma, com sua incrível lasanha de peixe, imperdível!

Dia 8: Lagoa Verde e retorno a Paraty. Para finalizar o cruzeiro vale a pena conhecer a Lagoa Verde, com suas águas cristalinas e depois navegar rumo a Paraty, onde devemos chegar no final da tarde.